Como diza gíria, o dinheiro não cai do céu, e antes de fazer um crédito, convém preparar as suas finanças para o que aí vem no fim do mês.

7 formas de evitar o endividamento excessivo (e continuado)

Existem alguns procedimentos simples para estabilizar a carteira e evitar problemas financeiros, e até legais, com uma sobrecarga de despesas no fim do mês. Vale mais poupar que remediar.

Deixamos 7 dicas para evitar o sobre-endividamento durante ou após efetuar um crédito.

  • Planeie os gastos pessoais todos os meses. Tenha em conta, com peso e medida, as pequenas despesas, por vezes, as que causam mais instabilidade financeira, sem se dar por elas.
  • Preveja aqueles meses em que a sobrecarga financeira será maior, como por exemplo pagamento de selo ou do seguro do carro, ou impostos. Evite compras extra antes destes pagamentos obrigatórios.
  • Use e abuse de listas de compras, para evitar abusos em compras supérfluas e desnecessárias.
  • Tenha em atenção a utilização do cartão de crédito. Uma utilização excessiva deste cartão pode trazer problemas a longo prazo, durantes anos, ou mesmo décadas. Prefere gastar tudo duma vez ou ir aproveitando? Se não gastar tudo duma vez, conseguirá poupar e evitar problemas com os bancos…
  • Repense a forma como utiliza o cartão de crédito e não deixe que as dívidas se acumulem.
  • Caso tenha de efetuar compras mais avultadas, planeie. Se possível dê uma entrada para aliviar a despesa.
  • Quando possível, guarde uma poupança para aquelas despesas inesperadas de emergência (e para se salvaguardar no caso de sobre-endividamento.
  • Se vir que está a ficar sobre-endividado não tenha vergonha e procure renegociar a dívida o mais cedo possível. A dívida não se paga sozinha e a tendência será para piorar.
Hodnocení kategorie 4.5
7 formas de evitar o endividamento excessivo (e continuado): 4.2/5 desde 20 votos
Fernando Valente Fernando Valente(LinkedIn)
Fernando Valente especializou-se em escrever conteúdo atraente em várias áreas como a financeira, veículos clássicos, música e marketing. mais informação...

Empréstimo rápido

Empréstimos de confiança

50000
Montante 500 € - 50 000 €
TAEG 9,9 %
Maturidade 2 - 8 anos
75000
Montante 5 000 € - 75 000 €
TAEG 12 %
Maturidade 12 - 60 meses
30000
Montante 2 500 € - 30 000 €
TAEG 8,75 %
Maturidade 2 – 10 anos
100000
Montante 1 000 € - 100 000 €
TAEG 6,532 %
Maturidade 1 – 10 anos