Os depósitos a prazo são uma óptima solução para as suas poupanças. Seja você a fazer um empréstimo ao Banco e ganhe dinheiro com toda a segurança!

O que é um depósito a prazo?

TUDO SOBRE DEPÓSITOS A PRAZO

Numa altura em que muito se fala sobre as mais variadas taxas de crédito e oscilações de mercado, os depósitos a prazo constituem uma solução para as suas poupanças. E, por outro lado, quando as nossas poupanças são cada vez mais um tema de destaque e uma preocupação acentuada quer no seio familiar, quer no sector empresarial, já pensou em inverter os papéis e conceder um empréstimo à sua instituição bancária? A ideia pode parecer estranha e descabida, mas é possível, e permite a valorização do seu dinheiro com um risco bastante baixo. Falamos de Depósitos a Prazo.

Com efeito, a publicidade crescente que chega até nós diariamente, relativa às mais variadas formas de poupança promovidas pelos bancos, pode gerar alguma confusão e, inclusivamente, algumas dificuldades em perceber qual a solução mais vantajosa para fazer render o nosso capital. Importa, por isso, compreender as vantagens e desvantagens de cada uma das soluções oferecidas, sejam os Planos Poupança Reforma (PPR), Certificados de Aforro, ou, no caso específico que aqui abordamos, os Depósitos a Prazo.

AFINAL O QUE É UM DEPÓSITO A PRAZO?

Um Depósito a Prazo é, nada mais, nada menos, que um empréstimo de capital ao banco. Pelo empréstimo efectuado, o cliente é beneficiado com uma remuneração. Ou seja, recebe os juros relativos ao valor do empréstimo efectuado.

Trata-se, portanto, de uma situação vantajosa para ambas as partes. Por um lado, o banco consegue uma rápida injecção de capital, permitindo manter as suas funções e, por outro lado, o credor, mantendo o seu dinheiro seguro, consegue a sua valorização.

O Depósito a Prazo é uma opção a ter em consideração especialmente em fases de instabilidade financeira, quando, para os bancos, se torna mais difícil conseguir empréstimos no mercado financeiro. 

VANTAGENS E DESVANTAGENS DE UM DEPÓSITO A PRAZO

Compreendendo que um investimento bancário acarreta sempre alguns riscos, e por forma a evitar surpresas indesejadas, é de relevada importância conhecer os seus prós e contras.

Vantagens: 

  • Risco muito baixo;
  • A remuneração, isto é, os juros do capital investido, é garantida;
  • Na elaboração do acordo, normalmente é conhecido o rendimento que se obterá;
  • Possibilidade de reforço, isto é, aumentar o capital depositado e, com isso, o valor final dos juros (disponível, apenas, em alguns casos).

Desvantagens: 

  • A remuneração, é normalmente baixa. (Recorde, no entanto, que o risco associado é igualmente baixo);
  • Por vezes, é exigida a subscrição de produtos adicionais (sempre com autorização por parte do depositante);
  • A movimentação do capital investido antes do término do contrato firmado acarreta, normalmente, penalizações;
  • Os Depósitos a Prazo com taxas mais atractivas normalmente implicam que o dinheiro fique retido por maiores períodos de tempo, normalmente mais de 6 meses.

COMO ESCOLHER UM DEPÓSITO A PRAZO?

Deve encarar a opção de efectuar um Depósito a Prazo com seriedade. Afinal de contas, são as suas poupanças que estão em jogo e é importante fazer uma análise às ofertas que chegam até si. Desta forma, importa perceber:

  1. Qual a instituição que oferece as melhores vantagens; 
  2. Qual a taxa de juro mais rentável; 

Importa analisar a Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) e a Taxa Anual Efectiva Líquida (TAEL). A primeira representa a taxa de juro feita pelo banco, sem ter em conta a retenção de IRS. A segunda, corresponde à TANB com a respectiva dedução da retenção de IRS. Resumidamente, a TAEL representa o que efectivamente vai receber. Note que as taxas divulgadas pelos bancos são anuais. Se pretende um Depósito a Prazo de apenas alguns meses deve adaptar os valores conforme os prazos.

  1. Qual o montante que tem disponível para investir, considerando, evidentemente, o prazo de depósito - recorde que o montante investido terá de ficar retido durante um período de tempo.

Informe-se sobre as condições de mobilização e procure perceber se pode movimentar o dinheiro investido antes do fim do período estabelecido em contrato - se prevê que irá necessitar de parte do montante investido antes do fim do contracto, opte por uma solução que permita a movimentação do dinheiro ou por prazos mais adequados à sua situação financeira. Desta forma, evitará penalizações ou a perda dos juros. 

E SE O BANCO DECLARA INSOLVÊNCIA, O QUE ACONTECE AO CAPITAL INVESTIDO?

O seu dinheiro está seguro! 

A história recente mostra-nos que, de um momento para o outro, os bancos podem declarar insolvência e podemos perder as nossas poupanças. No entanto, fique a saber que o dinheiro investido em depósitos tem a protecção do Fundo de Garantia de Depósitos até 100 000€ por depositante.

NOTAS A RETER:

  • Os Depósitos a Prazo são formas de investimento simples e de baixo risco;
  • De um modo geral, num Depósito a Prazo, o montante investido só pode ser recuperado findo o prazo estabelecido entre si e a instituição com a qual firmou o acordo, 
  • Apesar de poderem ser uma boa opção de investimento, os Depósitos a Prazo não devem ser utilizados para a totalidade das suas poupanças;
  • Nunca dispense a consulta de todas as informações disponíveis nos balcões das entidades bancárias.

Información Younited Creditanúncio

Hodnocení kategorie 4.5
O que é um depósito a prazo?: 4.2/5 desde 6 votos
50000
Montante 5 000 € - 50 000 €
TAEG 7,5 %
Maturidade 1 - 10 anos