As transferências bancárias representam a facilidade e rapidez da transferência de capitais. Conheça o seu significado, particularidades e limitações.

Transferências bancárias – Como se processam?

O QUE É UMA TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA?

Essenciais para o mundo actual, as transferências bancárias consistem no acto de movimentar uma determinada quantia de dinheiro entre contas bancárias. São uma forma rápida, fácil e segura de movimentar fundos.

Ao executar uma transferência deve ter em conta alguns aspectos fundamentais, tais como o custo dessa operação em balcão ou online ou, o limite por transferência bancária no multibanco.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE TRANSFERÊNCIAS BANCÁRIAS?

Conforme a tipologia e forma de pagamento, é possível agrupar os tipos de transferência conforme descrito nos pontos abaixo.

  • Intrabancárias – Entre contas pertencentes à mesma entidade bancária.
  • Interbancárias – Em oposição ao ponto anterior, são transferências entre contas pertencentes a diferentes bancos.
  • Internas / Nacionais – Efectuadas entre entidades dentro do próprio país.
  • Transfronteiriças / Internacionais - Efectuadas entre entidades de países diferentes.

Adicionalmente, podem ser categorizadas como SEPA ou Não SEPA. SEPA – Single Euro Payments Area – em português, Área Única de Pagamentos em Euro, corresponde a uma iniciativa de simplificação de pagamentos em Euros. Actualmente, fazem parte da SEPA, 36 países.

QUAIS AS FORMAS DE EXECUTAR UMA TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA?

Uma transferência bancária pode ser efectuada de três maneiras distintas. Além disso, deve ter em conta que poderão ter custos associados. Uma vez que estes custos não estão uniformizados, deve consultar a respectiva tabela de preços junto do seu banco.

  • Balcão – Pode executar uma transferência bancária ao dirigir-se ao balcão do seu Banco. Uma vez que será acompanhado por um profissional, é possivelmente uma das formas mais simples de efectuar uma transferência. Recorde que deve fazer-se acompanhar da sua identidade e do IBAN (International Bank Account Number / Número de Conta Internacional) do indivíduo ou entidade para a qual se pretende efectuar a transferência.

  • Online – Esta forma, cada vez mais utilizada, é considerada a mais cómoda, uma vez que para a efectuar não tem, sequer, de sair de casa. Aliás, pode ser efectuada em qualquer lugar bastando, para o efeito, que tenha acesso à internet e os serviços de homebanking activos. Ao efectuar a transferência ser-lhe-ão pedidos os dados da conta para a qual pretende transferir fundos e requer autenticação por cartão ou código matriz, sendo que estes dados lhe serão fornecidos aquando da criação do homebanking. Adicionalmente, com as actuais aplicações no mercado, como por exemplo o MBWAY, basta seleccionar o contacto que se pretende na sua lista telefónica e, estando esse número de telefone associado à conta do cliente, a transferência é feita de imediato.

  • Multibanco – Das formas já mencionadas, esta é a única que, até ao momento, é totalmente isenta de custos. Para além disso, não está sujeita ao horário de expediente do respectivo banco. Pode, por isso, ser utilizada quando o cliente pretender. Basta dirigir-se ao servidor mais próximo e preencher os dados solicitados. Note, no entanto, que existe um limite por transferência bancária no multibanco.

Información Younited Creditanúncio

Hodnocení kategorie 4.5
Transferências bancárias – Como se processam?: 4.2/5 desde 23 votos